Livro Música Árabe: expressividade e sutileza

O 1º livro sobre o tema no Brasil, de Márcia Dib

Saiba como comprar o seu aqui!

Preencha corretamente os campos marcados

Enviando...

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

1. QUAIS SÃO OS ASSUNTOS ABORDADOS NO LIVRO?

No livro eu explico porque a Música Árabe é tão maravilhosa, porque nos toca de maneira tão apaixonada e profunda! Falo sobre como a música é pensada, como ela é produzida, estudada e ensinada, e também como as melodias são formadas (afinação, maqamat, etc).

2. O LIVRO TAMBÉM FALA SOBRE OS RITMOS?

Sim, falo sobre como eles surgem (a partir do cotidiano ou da poesia) e mostro o esquema dos principais ritmos utilizados na Música Árabe. Mostro também os instrumentos e suas características.

3. EU NÃO ESTUDEI MÚSICA... SERÁ QUE VOU CONSEGUIR ENTENDER?

O livro foi feito a partir do texto de meu Mestrado. Então, por m lado, as informações contidas nele são fruto de muita pesquisa, sem “achismos”. Por outro lado, as pessoas da banca do Mestrado não trabalhavam com música, então usei uma linguagem que qualquer pessoa pode entender.

 

4. ESTOU COMEÇANDO A ESTUDAR A DANÇA O LIVRO SERÁ ÚTIL PARA MIM?

Com certeza! É um livro de pesquisa, de consulta. Sempre que você tiver algum assunto que gostaria de pesquisar (como maqam, ritmos, tarab, linha melódica,  taqsim, etc) poderá recorrer a ele, sabendo que as informações são confiáveis. E nada melhor do que começar a estudar música com confiança, não é?

5. SE EU NÃO CONSEGUIR ENTENDER ALGUM ASSUNTO, EU PODERIA ENTRAR EM CONTATO COM VOCÊ?

Pode sim! Eu procuro sempre ajudar quem tem dúvidas. Para mim é um prazer poder colaborar com quem quer estudar! Quando a pessoa compra o livro eu forneço meus contatos e ela pode escrever quando quiser.

"As aulas da Marcia Dib são muito valiosas para mim. Aprendo muito e recebo informações sobre assuntos que sempre quis aprender e outros que nem tinha conhecimento. Nesta última semana que fiz no Festival Mosaico não foi diferente. Ela nos apresentou diversas informações sobre música árabe que me fizeram querer me aprofundar e conhecer mais, afinal, uma bailarina com boas noções de musicalidade consegue ser uma intérprete muito mais fiel ao que a música pode proporcionar". Mahaila el Helwa